Em parceria com o presídio feminino, Belo lança bonecos Belinho e Belinha"

Em parceria com o presídio feminino, Belo lança bonecos Belinho e Belinha"

O Botafogo firmou uma parceria com o presídio feminino Maria Júlia Maranhão, para comercializar bonecas de pano confeccionaras pelo projeto Castelo de Bonecas. 


Esta é mais uma inovação do Belo, e de acordo com o presidente Sérgio Meira o Botafogo teve a ideia de produzir juntamente com as participantes do projeto os "Belinhos e Belinhas", bonecos uniformizados com o manto do Botafogo e serão comercializados inicialmente nas lojas Belo 1931, nas unidades Mangabeira Shopping e em Tambaú.


"Nós iremos montar também um stand nos jogos do Botafogo para poder dar mais visibilidade e comercializar os bonecos com preço acessíveis. Nós ficamos muito felizes em contribuir com o um projeto maravilhoso de ressocialização", disse Sérgio Meira.


Segundo Cíntia Almeida o projeto que funciona  no interior da penitenciária, nasceu em 2012 e conta atualmente com aproximadamente 12 mulheres que de segunda a sábado confeccionam essas peças. Dos mais diversos personagens, tem bonecas cangaceira, indígena, super-heróis, e para quem é religioso tem réplicas de santas e são vendidas normalmente em feiras promovidas pelo governo do estado. 


Célia é detenta do presídio feminino e há um ano e sete meses participa da confecção das bonecas. "A gente chega no presídio e pensa que o mundo acabou, mas daí ter a oportunidade de participar desse projeto é gratificante. Poder saber que essas bonecas serão alegrias para outras pessoas nos deixa muito feliz", disse.


A previsão é de que ainda este mês os Belinhos e Belinhas estarão à venda.