Com mais um gol anulado Belo empata com São Paulo Crystal

Com mais um gol anulado Belo empata com São Paulo Crystal

O Botafogo entrou em campo na tarde deste domingo primeiro de fevereiro no Almeidão, mas com o mando de campo da equipe do São Paulo Crystal. O placar do jogo foi um empate com um gol para cada lado. 


De acordo com o técnico Evaristo Piza, o Belo fez um primeiro tempo abaixo do potencial, mas isso mudou no tempo complementar, quando a equipe dominou o jogo e marcou duas vezes. Primeiro com Luís Gustavo de cabeça após cobrança de escanteio, depois com Lucas Simón de cabeça, mas a arbitragem da partida anulou equivocadamente mais este gol do Belo. 


Dos últimos dois jogos válidos pelo Campeonato Paraibano, o Botafogo marcou 5 gols, porém, equivocadamente, os árbitros das partidas contra o CSP e o São Paulo Crystal anularam 3 deles. 

Estas falhas interferiram diretamente nos resultados finais dos jogos; além disso, somente no estadual, o Belo recebeu 21 cartões, e é válido lembrar que o número de cartões também é critério de desempate. 

O Botafogo espera que haja uma maior atenção, responsabilidade e igualdade nos critérios de aplicação de cartões, validações de gols e marcações  de faltas por parte dos profissionais desta competição, para que tenhamos uma disputa mais justa e que casos como estes não acabem prejudicando todo um planejamento.


100 vezes Dico

A partida teve também um marco histórico, foi a centésima vez que o atacante Dico defendeu o Alvinegro da Estrela Vermelha. O atacante chegou ao clube em 2017 após o campeonato estadual, chegou a ser emprestado para o Naútico, mas retornou para Belo.

Na ocasião o presidente Sérgio Meira entregou uma camisa comemorativa ao jogador e também segundo ele torcedor do Belo.